Ciro Gomes quase apanha a pauladas na manifestação da esquerda na Paulista

236
Ciro Gomes na Paulista

O pré-candidato à presidência da República, Ciro Gomes (PDT) quase apanhou na manifestação deste sábado contra Jair Bolsonaro, na Avenida Paulista, e deixou o ato com seu carro sob ataques de pedaços de pau, segundo a Folha de São Paulo.

Depois de discursar, ao entrar em seu carro, militantes contrários ao pedetista e apoiadores se provocaram e trocaram agressões. Segundo a Polícia Militar, ninguém foi preso.

Ciro chegou a ser vaiado por parte dos manifestantes durante seu discurso. Em resposta aos insultos, ele afirmou que “meia dúzia de bandidos travestidos de esquerda acham-se donos da verdade” e que o país é muito maior do que o “fascismo de vermelho ou de verde e amarelo”.

Pelo jeito para o Cirão da Massa, só sobrou o MBL e o Moro – aquele que ele disse que iria receber à bala – para abraçá-lo em 2022.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui