Jovem de 19 anos desmaia em festa e acorda nua ao lado de desconhecido em motel no litoral do PR

808
Mulher sendo levada à UPA em Paranaguá

Uma jovem de 19 anos pode ter sido abusada após participar de uma festa em Paranaguá, no litoral. Ela estava em um bar quando ficou desacordada e foi carregada por dois homens. Na manhã do dia seguinte, ela acordou em um motel sem roupa, ao lado de u

Uma jovem de 19 anos estava em um bar quando ficou desacordada e foi carregada por dois homens em Paranaguá, no litoral do estado. Na manhã seguinte ela acordou em um motel, sem roupa, ao lado de um dos homens que a carregou na festa.

Moradores da região que estavam na casa noturna registraram o momento em que a mulher foi levada pelos indivíduos. De acordo com relatos da vítima, ela teria chegado às 21h no bar e, a partir das 2h, não se lembrava de nada. Ao acordar, ela estava nua ao lado de um homem em um motel no bairro São João.

O shorts estava rasgado e ela estava sem os documentos de identificação. O homem disse para a jovem que tirou ela do bar e a levou para o motel para dormir, mas a mulher acredita que tenha sofrido abuso sexual. Após os relatos do suspeito, a vítima pediu para o rapaz levar ela para a casa.

“A própria mulher que aparece nessas imagens sendo retirada do local já foi ouvida e já foi encaminhada para o IML para a realização do exame de corpo e delito”, explica o Delegado Nilson Diniz.

A mãe da jovem precisou levar ela até a UPA pois o absorvente da jovem estava preso na região íntima. A equipe médica encaminhou ela até o Hospital Regional do Litoral para realizar uma bateria de exames.

A Polícia Civil de Paranaguá investiga a suspeita de estupro e vai verificar mais imagens das câmeras de segurança do estabelecimento. Os dois homens já foram identificados.

Assista ao vídeo de dois homens carregando a mulher ate uma UPA:

Em nota, o bar explicou que está colaborando ativamente com as investigações:

Nos preocupamos em propiciar um ambiente claro, arejado, com mesas estilo camarote reservadas mediante pagamento antecipado, e tomamos as medidas sanitárias exigidas pela legislação.

No dia 09 de outubro, recebemos em nossa casa jovens da cidade, que fizeram muita festa, porém, um episódio que muito nos desagrada aconteceu e é importante que possamos esclarecer à comunidade parnanguara e às pessoas envolvidas nossa posição com relação ao ocorrido. Estamos colaborando ativamente com as investigações pois repudiamos qualquer ato de violência contra a mulher. Todas as imagens do local estão sendo compartilhadas com a Polícia Civil para apuração de responsabilidades e esperamos que a justiça seja feita.

Apesar da alegada violência ter ocorrido fora das dependências de nosso restaurante, nos solidarizamos com a família e estamos comprometidos com a adoção de medidas ainda mais rigorosas de segurança.

Via Massa News

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui