Adolescente de 17 anos morre após ser diagnosticada pela 2ª vez com Covid-19 em Maringá

166
Jackeline dos Santos Arruda

Uma adolescente de 17 anos morreu vítima da Covid-19, em Maringá, no norte do Paraná. A família de Jackeline dos Santos Arruda disse que a jovem foi diagnosticada pela segunda vez com a doença. Ela foi diagnosticada pela primeira vez em março deste ano, mas teve sintomas leves.

Segundo familiares, Jackline não tinha comorbidades e praticava esportes, como vôlei e natação. Ninguém sabia que a jovem havia sido reinfectada com a doença.

No dia 17 de junho, a jovem acordou passando mal e foi levada para o hospital com falta de ar. Cerca de duas horas depois, a adolescente sofreu uma parada cardíaca e

morreu. Jackeline passou por um novo teste de Covid-19, que apontou resultado positivo para doença. A prefeitura incluiu a vítima no balanço das mortes provocadas pelo novo coronavírus.

Em todo o Paraná, a Secretaria de Estado da Saúde registra 29.870 mortes por Covid-19 e 1.210.584 casos confirmados. A ocupação de leitos de UTI para adultos está em 95%.

Covid em Maringá

De acordo com a prefeitura, Maringá tem 51.669 casos confirmados e 1.247 mortes provocadas pela Covid-19. Em uma semana, as mortes pela doença tiveram um aumento de

30%. A cidade registra ainda 2.987 casos ativos, com potencial de transmissão.

Os leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Sistema Único de Saúde (SUS) para a Covid-19 estão 98% ocupados, na cidade. Na tarde de segunda-feira (21), restavam apenas duas vagas.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui